AAM inicia série de entrevistas do Movimento Mulheres na Política do Amazonas- MPA nesta sexta-feira

A Associação Amazonense de Municípios- AAM, deu inicio nesta sexta-feira (11), a uma série de entrevistas que serão feitas dentro do Movimento Mulheres na Política do Amazonas. A iniciativa tem por objetivo, resgatar a memória da atuação política das mulheres, dar publicidade às ações de prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras e secretárias municipais. Também serão realizados eventos de formação política, além da propositura de políticas voltadas ao público feminino.

Quem abriu a temporada de entrevistas, foi a Prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes. Patrícia Lopes Miranda, 36 anos, é natural da Cidade de Jardim, no interior do Ceará, enfermeira e pós graduada, casada e mãe de dois filhos. Para ajudar na renda familiar, já trabalhou fazendo bijuterias para vender. Em 2005 iniciou seu trabalho junto à população Figueirense, atuando na saúde. Em 2008 se candidatou a vereadora e ganhou, com apenas 23 anos, eleita a vereadora mais jovem da História do Município, sendo reeleita posteriormente. Em 2020 disputa o cargo executivo do Município e ganha o pleito, se tornando Prefeita de Presidente Figueiredo.

Lançamento
O MPA foi lançado no dia 8 de março, data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, com a proposta de ampliar o espaço e a participação do público feminino na política do Estado, onde ele ainda é minoria, um reflexo do cenário nacional.

Para o presidente da AAM, Jair Souto, é fundamental despertar o interesse e resgatar a grande história de contribuição delas para a construção da sociedade em que se vive hoje. “Vivemos em um cenário político em que as mulheres são minoria em todo o Amazonas. Esse espaço precisa ser ampliado. A participação da mulher na política precisa ser incentivada e a Associação Amazonense de Municípios se vê mergulhada nesse intuito”, afirma.

LEIA MAIS:  VÍDEO: Mulher leva sequência de tapas de homem no meio de praça em Tefé, no AM

A próxima entrevistada será a parteira Maria das Dores, secretaria da Associação de Parteiras Tradicionais do Amazonas- APTAM.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *