Preços dos remédios vão subir até 4,5% a partir deste domingo

O percentual foi definido pelo conselho da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos e publicado nesta sexta-feira

Os preços dos remédios vão ser reajustados em até 4,5%, a partir deste domingo (31). O percentual foi definido pelo conselho da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos e publicado nesta sexta-feira (29) no Diário Oficial da União (DOU).

O índice de reajuste anual dos medicamentos se baseia na fórmula de cálculo elaborada pelo órgão ligado à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O setor farmacêutico é submetido ao controle de preços. Somente uma vez por ano as indústrias farmacêuticas estão autorizadas a reajustar os preços de seus produtos, para compensar os aumentos de custo de produção acumulados nos 12 meses anteriores. O reajuste deve atingir cerca de 13 mil produtos.

De acordo com a resolução, o ajuste máximo de preços de medicamento permitido será o seguinte: nível 1 (4,50%), nível 2 (4,50%) e nível 3 (4,50%). As empresas poderão fazer o reajuste no prazo de até 15 dias após a publicação da portaria, que é assinada por Daniela Marreco Cerqueira.

LEIA MAIS:  Fiocruz Amazônia abre vagas de estágio para áreas de TI, Biológicas e Saúde